Blog do Pediatra

04/12/2013

Presentes de Natal: quais são os mais indicados para a criançada?

É normal e natural que toda criança imagine o presente de seus sonhos sempre. Não importa a data comemorativa ou a época do ano. Mas, às vésperas do Natal, esta expectativa tem um peso maior, não é? Se na data de seu aniversário o presente é especial por ser individual, na noite do dia 24 de dezembro ele é coletivo – toda criança ganhará um presente, ou deveria.

Pais, tios, avós, amigos e responsáveis ficam então com a tarefa da escolha: qual será o mais impressionante? Ou, qual o mais imprescindível? Tudo isso recheado com o fato de ter que conciliar o orçamento com os gastos de final do ano.

Não existe uma fórmula mágica, mas algumas dicas podem funcionar. Já fui questionado diversas vezes por pais e responsáveis sobre qual o melhor presente para o filho no Natal. O mais usual é que cada criança receba o presente mais condizente para a sua faixa etária – os fabricantes de brinquedos expõem isso em suas embalagens, por exemplo.

Pela faixa etária é possível ter uma boa noção do que pode ser útil e necessário para seu filho. De forma geral, existem alguns caminhos:

Para crianças pequenas de 0 até 3 anos: Nesta fase, as crianças estão em um momento de descobertas, onde tudo é novidade. Sendo assim, priorize brinquedos que explorem as cores, texturas, formas e sons, que estimulem a visão, a audição, o tato, a coordenação motora e a curiosidade dos pequenos;

Para crianças maiores, acima de 3 anos e até 7 anos: Vale presentear com brinquedos destrutíveis, ou seja, aqueles que não são caros e têm vida útil curta, pois os baixinhos nesta fase têm a curiosidade de explorar o brinquedo enquanto é novidade; depois, perdem o interesse. Outra dica é presenteá-los com jogos analógicos lúdicos e educativos, que estimulem a imaginação, o raciocínio, a coordenação motora e que também permitam a interação com as demais crianças.

Para crianças dos 7 aos 12 anos: Aos já mais crescidinhos, você pode dar um brinquedo ou roupas, mas como já estão alfabetizadas, também vale incentivá-las à leitura. E livro é sempre um bom presente!

Muito além de dar presentes, aproveite também o espírito natalino e ensine seu filho sobre caridade: ao ganhar um brinquedo ou roupas novas, explique que ele pode separar algum que não utiliza mais ou uma peça de roupa que já não lhe serve mais, devido seu crescimento, para doar às crianças carentes.

Desejo a todos um Feliz Natal e um 2014 repleto de bons motivos para sorrir!

Por Dr. Sylvio Renan às 11h24

Sobre o autor

Sylvio Renan de Barros

é médico, tendo
iniciado o curso

na Faculdade de Medicina de Botucatu e se formado em 1974 pela Faculdade de Medicina do ABC. Especializou-se em pediatria na Unifesp/EPM, obtendo em seguida o título pela Sociedade Brasileira de Pediatria. Fez especialização prática pela General Pediatric Service da University of California - Los Angeles (Ucla) e participa de diversos simpósios do setor. Atuou por quase 30 anos em Pronto Socorro Infantil. Atualmente se dedica a seu consultório e à literatura médica para leigos. Seu primeiro livro lançado chama-se "Seu bebê em perguntas e respostas - Do nascimento aos 12 meses".

Sobre o blog

O objetivo deste blog é fornecer informações básicas relacionadas à área da pediatria. São abordados, de forma didática, temas que permeiam o universo da saúde da criança, como primeiros cuidados, doenças mais comuns, vacinação e alimentação.

Livros indicados

"Seu Bebê - Em perguntas e respostas"
Obra que reúne informações imprescindíveis para mães e pais de primeira viagem. Mas não se trata de um compêndio técnico sobre o "bebê-padrão", e sim de um livro que aborda casos específicos atendidos pelo autor ao longo de três décadas de pediatria.


"Nefrologia para Pediatras"
Livro que tem suas origens no Setor de Nefrologia Pediátrica do Departamento de Pediatria da Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, que se ampliou com a subseqüente formação de equipe de colaboradores nacionais, procedentes dos mais expressivos serviços de Pediatria do país, de notória e relevante contribuição para a Nefrologia Pediátrica.